sábado, 28 de agosto de 2010

Maxi Feliz!

Gente!
Já disse que minha fonte de fotos pra ilustrar meus posts é o google né?
E, eu as escolho com o maior cuidado e atenção, mas essas se superaram!
Essa primeira aqui, então! Linda D+!
Êta mulher bonita! Produção impecável! Acessórios maravilhosos... Tudo!
Linda!
PERFEITA!
Belíssima!
Beleza infla minha criatividade e me dá tesão pra tudo!


Outra foto linda e sugestão de composição de peças juntas impecável...
Eu sou altamente suspeita pra falar de maxi acessórios!
Eu sou maxi em tudo (na verdade, em quase tudo)!
E o engraçado é, que até hoje dois anos trabalhando como Personal Stylist
a maioria esmagadora das minhas clientes de consultoria de imagem
foram pessoas discretas querendo um look mais glamouroso e elegante
as quais, a maior parte, eu introduzi o maxi acessório como ítem importante.
Eu nasci maxi!
KKKKKKKKKKKKKKKK
A absoluta falta de modéstia de novo!
As maxibijoux vão e vem direto das passarelas pras ruas e vice versa.
E mais uma vez prometem ser a grande tendência do verão 2010.
E as pulseiras são a bola da vez!
Elas foram mostradas em várias versões nas semanas de moda.
E caíram no gosto de quem adora um look fashion.
Combinações e possibilidades mil, inclusive junto com os relógios
fazem das pulseiras peças extremamente versáteis.
Elas são capazes de iluminar qualquer look,
do romântico ao moderninho, do chic ao despojado.
Experimente uma maxi!

Acredito no maxi para marcar presença.
Elevar o look!
E como símbolo de elegância e segurança.
Por mais que muitas mulheres possam achar o "máxi" muito, não é não.
Pelo menos se as peças maxi forem usadas como proposto quando criadas:
Como ÚNICAS!
Peças enormes, exageradas e PODEROSAS a princípio foram criadas
para serem usadas uma por vez.
Ou maxi colar, ou max brincos, juntos é muito.
na verdade é um sacrilégio!
Agora nos pulsos as composições bem feitas com muitas pulseiras e relógios
mesmo que todos maxi, sendo bem montadas são um luxo.
Mas, tem que sustentar...
Eu, particularmente ADOROOOO
Se você tem dúvidas não misture nem acrescente mais peças juntas.
Vale a máxima:
"Na dúvida, não ultrapasse".
Agora, se você se sente segura, manda brasa!
Confie no seu taco e arrase!


Saber misturar acessórios é uma Arte.
Nem sempre ensinável.
Essa palavra existe?
KKKKKKKKKKKK
Porque de tão particular, pode ser o máximo pra uma e uma blasfemia para outras.


Vejam estas fotos...
Maxi pulseiras de acrílico e anel também maxi
e observem que a roupa é estampada: CUIDADO!
Nem tudo da passarela nem sempre vem pras ruas.
Servem como inspiração e não cópia.
Numa foto de editorial de moda tudo é lindo, mesmo o "não usável".
mas na vida real cuidado!!!
Já o look abaixo, meio étnico eu adorei e usaria sem sombra de dúvidas.

Eu, Gisele não uso pulseira nos dois pulsos simultâneamente.
uso relógio em um, e pulseira no outro.
ou tudo junto num pulso só.
Mas pulseira nos dois punhos eu não gosto não.
E o bracelete pra mim no antebraço, é over!!!



Importante observar que não é pra todo mundo sair desfilando por aí
com com uma peça muito extravagante,
vale a pena arriscar alguns looks com as seguintes dicas:
Acessórios que são extravagantes e volumosos,
é preciso equilibrá-los entre si e com a roupa:
Optando por peças exulberantes, prefira look com peças básicas,
de formas simples e sem volume.
Acessórios coloridos ficam melhor com roupas monocromáticas e claro, o preto.
E a dica de ouro:
É sobre não usar mais de uma peça grande ao mesmo tempo.
Quando o acessório poderoso for o colar use brincos mínimos e vice-versa.
Quando comprar seus acessórios magníficos,
porque quem compra uma peça grandiosa geralmente se apaixona por ela,
e ela é magnifica sim!
Compre também brincos mínimos (de criança).
Bolinhas de tamanhos iguais ou do menor para o maior, de ouro branco e amarelo.
Pedrinhas (brancas please) brilhantes ou zircônias
(também do mínimo, médio e grande).
Argolinhas mínimas (ouro branco e amarelo)
Composições de várias pulseiras e relógio (amooooo)
devem ser harmônicos mesmo que ousados,
as peças tem de "conversar" entre si e não um visual combinadinho
tipo parzinho de jarro entende?
Outra dica é comprar mais peças iguais e usa-las juntas.
Adoroooo...
Quando os brincos forem maxi, o colar deverá ser modesto,
ou nenhum como é minha preferência.
A regra básica dessa tendência é a mistura de materiais, estilos, cores e volume...
Elas destacam as mãos, então nada de esquecer a manicure.
PELAMORDEDEUS, investir no acessório e deixar a unha por fazer.
Naninanão!
Faça sua escolha:
Ou você combina com as roupas ou simplesmente as destaque do look.
Particularmente gosto do destaque.
Eu, não gosto de combinações.
Cuidado para não sair de maxitudo:
Maxibrincos, maxicolares e maxipulseiras no mesmo look, never!
Escolha um maxi anel e deixe seu look muito chic!
As baixinhas com braços curtos e gordinhos devem ter cuidado.
Escolha maxipulseiras mais largas ao invés de uma grossa no meio do braço.
Maxi tudo, só se for Maxi Feliz...
E sendo maxi feliz certamente te deixará maxi muitas coisas...
Maxi mãe, maxi mulher, maxi profissional, maxi esposa, maxi amante,
maxi amiga...
Maxi Beijos
Gisele

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

O tempo é uma grande escola para quem quer aprender

Uma das coisas que mais mudou nos últimos tempos são as nossas referências
no que diz respeito a idade.
Quando eu era criança imaginava que o ano 2000 seria mais ou menos como no desenho dos Jetsons, e que eu com 40 anos seria uma vovó...
Eu não tenho um carro voador...
Nem sou avó...
E tenho 40 anos!


Desde nós "pobres mortais" às celebridades brasileiras e internacionais,
o tempo vem passando e a maioria de nós (quem dera se fossemos todas)
estamos cada vez melhores!

Muitas vezes...
Tudo é uma questão de manter a mente quieta e a espinha ereta e o coração tranquilo.
Outras, dá-lhe creminho anti age e malhação.
Se juntarmos as duas coisas, temos a tão sonhada fórmula da juventude.


Nada contra botox e intervenções cirúrgicas.
O bom senso deve ser seu, nosso, companheiro diário.
E em primeiríssimo lugar os cuidados com
o interior (mente quieta)
o externo (cremes e atividade física)
Para só então, usar com sabedoria e moderação
os poderosos e milagrosos recursos da medicina moderna.


Pra mim, o grande antídoto é mesmo a F E L I C I D A D E.
Eu sou prova real disso.
Eu vivi triste e reprimida nos dois últimos anos.
O mesmo cabelo, os mesmos olhos green, o mesmo corpicho
(sem dúvida, que eu melhorei 4 kilos a menos, isso lá é verdade,
mas não tava tão ruim não)
E eu me sentia feia.
Eu estava feia!
Agora, enfim, tomadas as decisões e retomada as rédeas da minha vida,
estou radiante!
Modesta, quem me conhece ou é leitor do bloguito sabe que nunca fui...
Detesto modestos de plantão!
Pra mim, são todos uns falsos!!!

Sou realista!
Eu estava sem luz, sem brilho, sem o riso solto e meu jeito acelerado de falar, sem energia!
Agora eu estou quase que levitando, eu sorrio o tempo todo, eu estou leve...
Eu quero devorar o mundo com minha rapidez!
Hoje, os meus olhos brilham, a pele melhorou, todas as roupas realçam...
As lindas, e o básico jeans e camiseta.
Só podemos estar básicas estando de bem com a vida,
do contrário, passamos despercebidas, podemos ser confundidas com a mobília!

Estar (nunca ser) básica, e ter luz própria, é ter um brilho ainda mais intenso!
Uma presença ainda mais marcante.
Pense sobre isso...




A nova mulher madura...
Mais maduras, sensuais, menos tímidas, mais realistas, vividas.
As balzaquianas, como ficaram conhecidas as mulheres de 30 anos.
Hoje, podemos renomear as mulheres balzaquianas a nova mulher de 40,
porque as de 30, darling, estão saindo da adolescência!

Esse termo MULHER BALZAQUIANA (adoroooo)!
Já teve tom pejorativo, muitas vezes rotulavam mulher balzaquiana
como encalhadas, já que, antigamente, para se viver um romance
era preciso ter no máximo uns 20 e poucos anos.
O escritor francês Honoré Balzac, que viveu no início do século XIX,
foi o primeiro a falar da sobre a idade feminina.
Foi ele quem considerou as de 30, mulheres no ápice da sua vida sexual,
que conhecem como ninguém a arte de seduzir e encantar,
e têm muitas histórias para contar.
Imaginem esta mulher com 40 então?!
Quando temos 20, temos medo de chegar aos 30.
Aos 30 temos medo dos 40.
E assim sucessivamente...
Temos muitas idéias na cabeça, sonhos, desejos e o medo de não alcançá-los.
O caminho parece ser longo.
Então, o negócio é aproveitar o trajeto.
E é impressionante as mudanças que sinto desde que fiz 30 e agora 40 anos...
E ao mesmo tempo, não sinto mudança nenhuma!
Quando estou namorando, sonhado, pintando, rindo,
jogando conversa fora com filhos, amigos ou um amor,
viajando, brincando com meus filhos ou andando de patins...
Me sinto a mesma de vinte anos atrás.
A grande mudança é que as ideias clarearam, sou mais intuitiva e menos descomplicada o que é melhor!!!
Me conheço muito mais, sou mais solta, tenho menos pudor.
Aja vista o tanto que me desnudo aqui no bloguito!!!
Mas nem tudo são flores...
Tem os hormônios...

Não tenho mais aquele corpinho de uma gatinha.
E olha, que eu fui uma gatassa!
Mas sei como ter e dar prazer.
Aprendi a me cobrir e me despir com classe e segurança.
Acredito ser poderosa e pronto!
Sou!
Alguém duvida?!
E como já dizia Balzac:
"Uma mulher de trinta anos tem atrativos irresistíveis,
obedece a um sentimento consciente. Escolhe, não é escolhida!"
E nós de 40 hem? hem?!
Chegando a essa idade, a mulher sabe consolar em mil ocasiões em que a jovem só sabe gemer. Enfim, além de todas as vantagens de sua posição,
a mulher de 40 anos pode se fazer jovem,
desempenhar todos os papéis que quiser.
Tudoooooooo de bom!

Eliane Giardini é um exemplo de beleza, só aos 40 anos que a atriz emplacou na TV.
Carolina Herrera, mega, ultra, power, plus poderosa começou seu império aos 40.
Eu, Gisele Pedrosa recomeço agora, aos 40!
Aos 30, 40 50...
Ser bonita vem como consequência de qualidade de vida.
Ao contrário de muitas celebridades que acreditam que beleza
é perder a expressão facial por cometerem exageros em nome da estética.
Mas uma coisa é fato!
Estou envelhecendo!
E não estamos todos?!
E, por melhor que envelheça, as rugas vão aparecer,
e ao invés de odiá-las, eu vou amá-las, porque do contrário,
a outra opção é morrer, né?
Rugas não me incomodam.
Já falei sobre isso...
Só me lembro da minha mãe linda...
Ela morreu jovem, aos 40 anos, preferiria muito mais te-la com rugas de 65 anos aqui comigo e meus filhos, VIVA!
Sou vaidosa, e não sou pouco...
Mas a vaidade pode ser um grande perigo...
Hoje estou muito mais atenta a minha alimentação, exercícios,
tomar bastante água, comer fibras e frutas.
E olha que adoro comer!
Tomo um supercuidado para não exagerar e manter uma vida balanceada.
Como corretamente em casa, onde almoço cinco vezes por semana,
para que eu possa sair da linha de vez em quando (quase todo fim de semana) sem culpa.

DIETA
Eu deveria ganhar royalties do Dr Guilherme, autor do livro Dieta das notas.
Emagreci e aprendi a comer.
O resto é... Alimentos crus na maior parte das vezes e água!
SEM LÍQUIDO NA REFEIÇÃO
Never!
A não ser um bom vinho a noite!
O prazer justifica!!!

CABELOS ASSUMIDOS
Mulheres assumam-se!
Cachos, afros, anelados, ondulados, curtos, longos, coloridos, lisos...
E sejam felizes!
Não faço grande esforço para cuidar do meu cabelo, já que é liso mesmo, lavo, penteio e só.
Não penteio seco, só quando lavo!
Acordo todos os dias e saio do jeito que levantei!
Dá certo!
Melhor não tentar mudar.
Uso um bom xampu, mas não os carerrimos que gostaria,
definitivamente não posso.
Uso Pantene desde que me conheço por gente.
Pretendo corta-lo mais tarde.
Com 50 talvez...
RUGAS NÃO INCOMODAM
Ainda não chegaram, e quando chegar a hora não vou brigar com elas...
Já começo a ter alguns pés de galinha.
É assim mesmo, faz parte do processo.
A outra opção é morrer, né?
Uso meus cremezinhos e fico feliz.

SORRISO MARCANTE
Falam muito do meu sorriso. Com certeza, bom humor torna a pessoa mais bonita. 
Não contei assumidamente que estava feia nos dois últimos anos?!
Eu também me sinto altamente atraída por gente sorridente.

PAIXÃO POR INTEIRO
Minha relação com o meu corpo tem sido cada vez melhor.
Nunca dependi de bumbum durinho para conquistar alguém.
Embora malhe a vida toda...
Eu conquisto de frente e não de costas!
Quem quiser se apaixonar por mim tem que ser por inteiro!
Pena que alguns homens ainda se apaixonem só pela bundinha durinha da pessoa.
Infelizmente posso falar de de cadeira!
Não dura viu querido, bunda cai!

COMPANHIA NÃO É TUDO
Nós mulheres deveria-mos ter a consciência de quer não precisamos estar acompanhadas 
para nos sentirmos bonitas e completas.
Eu, não tenho esse problema, graças a Deus!
Amar é ótimo, mas acredito que é bem possível ser feliz sozinho!
A minha geração chega à maturidade com muito mais possibilidades
de viagens, cultura, amigos sabores…
Amor tem que entrar para acrescentar, somar e não para posar e sair bem na foto.
AMOR MADURO
A TV geralmente mostra a mulher mais velha com um rapaz mais novo
como a sensação.
Eu não sei se daria conta!
Não que eu tenha problema com isso.
Amor independe de idade, chega sem avisar e explicar por quê.
Eu já vivi o amor com parceiro mais velho e confesso que não gostei.
Já, muito mais novo que eu, muito provável que eu nem tentaria...
isso é muito particular. Ou não, quem sabe...
Gosto do alinhamento dos projetos, dos assuntos e dos corpos.
Primeiro você se apaixona, depois você vai entender.
Eu, realmente, gosto de me relacionar com pessoas da minha idade.
DE MULHER PRA MULHER
“Uma mulher se arruma para outra mulher".
Eu amo mulheres, se não, não estaria aqui me abrindo falando de mim
me dirigindo para mulheres.
Claro que muitos homens lêem os bloguito, e eu os amo por isso,
mas eu escrevo mesmo é pra mulher.
O homens que me lêem sempre me falam que aprendem para se relacionar
com sua mulheres! Uma de cada vez!
Espero!
Sensíveis ou invejosas, sabemos analisar a elegância da outra.
Elogiar ou detonar!!!
Pena que a maioria das mulheres detonem as outras gratuitamente.
Nós nos vestimos mesmo umas para as outras mulheres,
até porque a maioria esmagadora dos homens
diz preferir ver as mulheres despidas!
Alguém duvida?

GUARDA-ROUPA BÁSICO
Acredito em estar básica e não ser básica 100% do tempo.
Passear entre os estilos e voltar sempre ao bom e velho básico, aí sim, é bacana!
Mulher básica o tempo todo vira almofada!

Com 40 a maioria de nós, já sabe qual é a sua...

Acho que a primeira interveção cirúrgica que farei é a cirurgia de pálpebras. Eu, assim como a Angelica Hulk tenho as pálpebras gordinhas,
e tudo que mais protuberante cai mais rápido né?
Ok! No Stress! Se a hora ta chegando, vamos lá...
Mulheres mais maduras tendem a ter olhos caídos.
A perda de elasticidade da pele, que acomete o corpo todo, e deixa esse aspecto “caído”.
Olhos “caídos”, cremes, cremes, cremes...
Quando chegar a hora faca!
É uma das cirurgias mais simples e corriqueiras dos consultórios
Como toda cirurgia que acontece no sulco palpebral, a cicatriz fica invisível, escondida nos sulcos naturais das pálpebras.
As alterações hormonais vem sorrateiramente, silenciosamente
e acontecem ao longo de toda a vida, de todas as mulheres,
aposto enfaticamente na reposição hormonal.
Também ainda não posso falar sobre isso com propriedade, só como curiosa.
Mas, que serei adepta não tenho dúvida!

E quando as gordurinhas se alojam nos quadris?
Malhação, pilates, ginástica!
Desculpe! Não fui eu que inventei isso!
Podemos sempre optar também para lipoaspiração.
De leve, bem feita é maravilhosa...
Pra emagrecer, é um fiasco!

Meninas, assumir a idade sem medo é superchic!



Não é porque não sou tão jovem mais que adoro, estar sempre bem vestida,
com roupas modernas.
Amooooooooooo!
Sempre aficcionada com roupas e sapatos!
Agora então!!!
A diferença é que agora eu tenho outro olhar, minhas compras são outras!
Já cometi muitos erros!!!
Uma coisa é verdade, sinto na pele, agora aos 40 que estou muito melhor,
me cuidando muito mais e me sentindo mais linda do que antes.
Amando então, estou impossível!
É verdade meninas, quando se cultiva a beleza interior e trabalhamos a aceitação
não precisamos de subterfúgios, o externo corresponde.
Feliz do homem (esperto) que conhece uma mulher madura, que sabe o que quer, que não precisa fingir que gosta, que não sorri para agradar.
Coitados os que trocam uma de 40 por duas de 20!!!!
Sabemos o que queremos e se estamos com você querido é porque queremos,
porque gostamos e só!


Enfim, um grande mito que muitas de nós, mulheres da minha idade ainda vivemos, 
eu vivi até o fim do ano passado, que é muito muito difícil de ser driblado.
É o mito da mulher mártir, que sofre um casamento infeliz, em nome da família, dos filhos principalmente, e os de uma vida idealizada.
Mulheres que tentas, tentam, muitas vez por uma vida toda, reverter o irreversível!
Gente, tem coisas ( e pessoas) que não mudam!
Muitas de nós percebe cedo.
Outras passam uma vida tentando mudar (eu tentei mudar)
ou, pior, aceitam com abnegação...
Outras dão logo o grito e vão a luta!
Eu demorei demais, errei duas vezes trilhando o mesmo caminho,
O mesmo script e os mesmos personagens...
Errei feio!
Depois de muitas lágrimas, terapia e antidepressivos...
Agora é daqui pra frente...
Com meus filhos (minha vida) Nícolas e Kevin...
Meus cremes, água, pilates, meus patins, sapatos, vestidos e maquiagem,
minha arte, meus alunos especialíssimos, minhas amigas queridíssimas,
meus sapatos maravilhosos, e o amor.
Ninguém precisa concordar comigo, claro, mas indiscutível é que a chegada dos 40 representa um marco na vida de muitas mulheres.
Pra mim, a maturidade é o marco da liberdade e da auto-estima, da luta pelos meus sonhos e pela minha única e preciosa vida!
Viva a vida!
Beijos
Gisele Gomes Pedrosa

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Vão-se os anéis e ficam-se os dedos

Que preço pode ter a felicidade?
A paz de espírito?
A saúde?
O sono?
O poder divino de gerar filhos?
Preço nenhum.
Ao menos pra mim.
E para os meus meninos,
E eu crio meus filhos com esses sagrados valores.



Meus Filhos e minha Arte...

Meu oxigênio...



A felicidade não é um lugar, um fim, um alvo, um objetivo...

É o caminho, o processo...
Não um ter, é ser...
Não é preciso nem ter pessoas para "ser" feliz,
porque quem não é feliz sozinho
não tem poder de atração de amigos nem de amor,
acredito em ser feliz e compartilhar,
ser feliz e ficar ainda mais,
na companhia de quem se elege,
e não ter no outro o poder da sua felicidade.

Não consigo conceber que acumular bens,
ter títulos, dinheiro, possuir ou qualquer "ter"
como objeto a ser alcançado como sendo felicidade.

Felicidade e ter consciência que viver é uma grande dádiva.
É sorrir agradecido a cada manhã que se acorda são e salvo!
Felicidade e não ter absolutamente nenhum dinheiro,
achar R$14,00 num livro antigo e poder pagar três casquinhas do Mc Donald, e o estacionamento do shopping,
e entrar numa agência de viagens e perguntar na maior naturalidade qual o preço de um pacote para três pessoas para Bariloche...
"R$3.000,00 por pessoa... Demora pra juntar né mamãe?
E pra Las Vegas, quanto é?!"
KKKKKKKKKKKKKKKKKK
Só meus meninos mesmo!
Meus filhos, meu tesouro...
Com R$ 14,00 no bolso, e sonhando com em ver a neve e ganhar nos cassinos pra viajar mais e mais...
Dou graças todo os dias por esses meninos
que já nasceram sonhando.

Felicidade é ouvir: "Experimenta comer vento, meu filho!"
Carregado de ódio e frieza,
e fazer disso mais uma brincadeira...
Rindo de si mesmos abrindo a boca
tentando apanhar vento "pra comer"!

Felicidade é esquentar panelas e panelas de água quente no fogão, subir e descer as escadas dezenas der vezes carregando água quente, só para ter um breve prazer de ver os filhos deitarem na água quentinha da hidromassagem que já não funciona, e ouvir "Obrigada mamãe você é o máximo!"
Ser o máximo pra os filhos, isso sim, é felicidade!




Felicidade é desejar patins e bicicleta novos,

mais do que carro zero.
Carros...
Meu Deus! Se eu só dirijo um carro de cada vez,

porque preciso de quatro?
E de contar pros quatro cantos do mundo que se tem
"quatro carros!"
Faça-me o favor...
Ontem, olhamos patins pra mim
e skate novos pros meninos.
Felicidade é ter 40 anos e andar de patins com dois moleques atrás de você de skate.
Não tem BMW que dê essa sensação.
Felicidade é apostar corrida de bike na Pampulha
e sentir o vento batendo no rosto.
Não tem nada que apague essas lembranças da memória.
Vamos comprar bikes novas... Patins... E um Doblô...

Alguém duvida?!

Felicidade é poder amar até filhos que você não gerou
e ama-los como seus.
E contar histórias com orgulho da mulher maravilhosa
que os gerou.
Felicidade é ser sexy de meias e bonita sem fazer as unhas.
Felicidade é comer lagosta chupando até o último ossinho.
Felicidade é admirar quem se ama.
Respeitar.
Rir, junto e de quem se ama.
Felicidade é ver Amor em tudo.
V E R D A D E I R A M E N T E !

Felicidade é ser Amor, Deus é Amor!

Ok, você venceu!
Vão se os anéis e ficam-se os dedos.
Você não pode destruir mais minha alegria de viver.
Minhas noites de sono e minha sáúde.

A D E U S!
Gisele Gomes Pedrosa

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Compras bem feitas

L I Q U I D A Ç Ã O !
Quem não gosta?!
Claroooooooo...

Promoção, bazar, liquidação, sale, outlet...
Não importa a palavra, que por sinal a cada ano aparece mais uma.
O negócio é levar mais por menos...
Será mesmo?
Melhor seria levar melhor por menos!
Quem vai nessa de quantidade geralmente faz compras erradas.
Que todo mundo quer sempre fazer bons negócios...

Disso não há dúvida.
Mas essa, é como eu digo, um faca de dois legumes.
C U I D A D O com liquidações!
Que, quem for esperto, aproveita e se dá bem.
Eu já errei muito, e ainda erro...

kkkkkkkkkkkkkk
Talves por isso seja um consultora e amiga ideal para esse tipo de situação.
Eu dou dica, conselho e palpite o tempo todo, todo mundo me pergunta algo,
e esse é um tema recorrente.
Ok! No problem!!!


Desde que o mundo é mundo o escambo, a troca, o bota fora tá aí.

A liquidação nada mais é que a estratégia usada pelos comerciantes pra atrair nós consumidores. Antes, eram anuais, e esperadas. Agora têm ficado cada vez mais frequentes, e banais, e o problema é que muitas pessoas não sabem como aproveitá-las!

As liquidações são a forma de acabar com os estoques de produtos da coleção passada, durante a mudança de estação agora, não está sendo nem mesmo necessário esperar a troca de estação para realizar as tão esperadas liquidações. Muitos lojistas têm feito liquidações (ou pseudo-liquidações, muitas mentirosas) para gerar fluxo de pessoas e desovar mercadorias.

Os comerciantes, lojistas usam das palavras chave como bazar, promoção mudam a decoração da loja, alguns colocam até papel picado no chão (horrível) , deixam roupas jogadas em aparadores (horrível ao cubo) tudo pra quebrar a rotina do consumidor e aumentar o giro de pessoas e consequentemente de mercadorias. As liquidações de meio de estação, são menos agressivas do que aquelas realizadas ao final dela. Desta forma, o lojista faz o consumidor ir até a loja para avaliar os produtos, porque estão mais em conta, e depois faz com que ele volte porque os valores estarão menores ainda do que aqueles que tinham sido oferecidos.

A liquidação de meio de estação é conhecida como “promoção de chamariz”. Nela, nós consumidores podemos encontrar produtos de 30% a 50% mais baratos, enquanto que, ao final de estação, eles conseguem adquirir as mercadorias desejadas por um preço até 70% menor do que o antes praticado.


Semana passada eu estava numa lojinha fofa (não me lembro o nome) na Savassi

ao lado do meu psicólogo. Passo lá toda terça-feira.
Já virou ritual:
Terapia, café na cafeteria do Dudu, e visitinha às lojinhas de roupas e a de sapatos.
Uma delas estava em promoção.
Entrei!
Comprei!
Realmente ótimos preços e lindas peças.
Comprei um casaco lindinho com um preço indecente de bom: R$60,00 !!!
Só que, era bem maior que minha numeração.
Mas era tão lindo, eu não podia perde-lo...
(Pensei logo : Levo na Riza, e ela aperta, acintura e tá resolvido)
Agora sou "P", já contei né?!
Tô impossível com essa calça número36 e roupas "P"!


O casaco era fofo, curto elegantezinho para eu compor com short, look que adoro.
Gosto de usar short com a parte de cima mais composta, alinhada e chiquesinha.
E sapatos ou botas.
Pra não descambar, já falei... Se não, vira visual de clube.
Short pra mim, é com pé fechado e camisa.
De dia e dependendo do lugar, até faço concessões, mas de noite, never!




Comprei o casaco e fui correndo na Riza (costureira mega, ultra, power, plus ótima!)
Nananinanão garota!
Impossível acinturar, tinha que refazê-lo todo e com risco de não fica bom.
E...
Caro! Quase o preço da peça.
Desisti!
Até aí tudo bem...
Mas e se não aceitassem a troca?!
A maioria das peças em promoção não podem ser trocadas.
Dei sorte!

Mas não podemos contar com isso!!!
Então, fique esperta para compras feitas pensando na possibilidade de troca.
Compras feitas de peças que não tem nada a ver com você
só porque o preço está ótimo.
E peças de fim de coleção de modelos arrojados super em evidência,
tem que comprar com um super filing, (que nem todo mundo tem) porque,
tem coisas que, passada a moda, a gente não aguenta nem ver mais...
Como balonês, patalonas, cores flúor, taxas...
É hora de comprar peças básias com bons preços.
E não o que já se esgotou de usar, de ver, de comentar...
Já cansou Deus e mundo e se acaso, você não comprou e agora quer...
Já é tarde!
Foi!
Ou você vai ficar totalmente over.
Ou...
Vai estocar mais uma peça no canto do seu armário.
Outra dica valiosa:
São os altos investimentos.
Ontem eu saí pra jantar num lugar bacanérrimo.
DELICIA!!!
Usei um casaco lá da Maison da Marilac. Chiquérrimo!
Chique
toda vida!
Lá é tudo muitoooo chique, ela, a Marilac a Maison e tudo que ela vende.
Gente, o casaco foi foi uma pequena fortuna, na época.
Um investimento caro!
Que só valeu a pena.
Cada centavo!!!
Não tem que não goste. Parei o restaurante!
Lindo, atemporal, não tem moda, tem estilo e elegância.
Azul marinho com florzinhas brancas. Um luxo!
Usei só ele e um belo sapato (diga-se de passagem de promoção!)
Look perfeito.
Noite perfeita!
Beijos
Gisele

domingo, 8 de agosto de 2010

Glamour em ser ARTISTA! sei...

ADOREI!
Adorei o trabalho na Savassi.
Primeiro que o lugar conserva o seu charme único,
e que, pra mim, nenhum Shopping pode competir.
Tinha artistas nos quatro cantos da Getúlio Vargas com Cristovão Colombo.
Rodeados de cafés e gente bonita.
Encontrei a Thais, aluna linda fofa, que não via há uns quatro anos,
tá uma moça linda!
Encontrei vários amigos, pessoas que não via tempos, e pessoas especiais.
E a Tina, que registrou tudo com sua câmera e seus olhar únicos.
www.tinacarvalhaes.com


Pintar ao vivo é uma atrevimento.

Arte é totalmente a extensão de quem a faz, e fazer com gente observando...
Alguns param por um longo tempo em silêncio.
E vão embora...
Outros se apresentam, querem nos conhecer, perguntar do trabalho.
Tinha uma americanazinha linda Geórgia de 11 anos, intercambista.
Na noite anterior, eu cheguei a me arrepender de ter me inscrito.
Bateu uma insegurança monstro!
De amanhã fiquei agitadíssima, e soltando farpas pra todo lado.
Desculpa tá?
Mesmo com motivo eu exagerei.

Não pintava há três anos, fiquei insegura.
Produção artística, criatividade é como esporte, a gente sai de forma sabe?!
E eu preciso "aquecer" de novo, estou meio fora de forma.
Mas até foi ótimo, mais que ótimo... Depois de tanto tempo sem pintar,
lá eu me senti em casa com a minha tribo.
Marcos Lima do lado e outros artistas que conheci.
Todos agradabilíssimos.
E a Tina com a máquina em riste!
kkkkkkkkkkkk


Engraçado que este trabalho a princípio marrom, que acabou com um grande vermelho em evidência, que eu demorei a achar qual "era a dele"...

E foi o mais difícil pra a mim, e o que mais agradou.
Voltei sem ele pra casa, vendi lá mesmo.
Bacana né?
O preço?
Foi bom!
Também fora de forma!!!
KKKKKKKKKKK
Na medida que aqueço minha criatividade e segurança o preços aquecem também.
Mais legal que a venda é que ele foi disputado!
Isso é igual Master Card. Não tem preço!!!
KKKKKKKKKKKKKKK





Este trabalho em nuances de amarelo e ocre também ficou.
Está num leilão!
Ainda não sei o resultado.
Alguém dá um lance?!
Quem dá mais?
KKKKKKKKKKKKKK

Agora vejam, só o "glamour" de ser artista...
Glamour???
Onde? Quem? Como?!
Ralação braba! isso sim!
Claro que que extremamente prazeroso, mas alguém tem ideia de quanto tempo minhas mãos levam para ficaram impecáveis de novo?
No mínimo impecavelmente limpas?
Dias, darling dias!
Fiquei seis horas em pé pintando, não é mole não!
No problem, vale muitoooo a pena.
Ver duas pessoas disputando quem levaria o quadro pra casa
Impagável!

Vender é ótimo!
Pela grana $$$$$$$$ !!!
Que numa país como nosso, negociar Arte por um bom preço é privilégio.
Por alguém valorizar o trabalho, isso é fantástico, o melhor.
mas que dá dó de ver a tela indo embora, há isso dá!
Nunca mais a vejo.
Só tenho as fotos ( e muitas, nem isso)
E nunca mais a vejo.
mais uma vez, vale a máxima da minha vida atualmente
" By by foi feito pra se dizer"...
Foi!

Obrigada a quem aceitou meu o convite e foi me prestigiar.
Obrigada aos "meus" fotógrafos queridíssimos.
Obrigada Tina, Marcos e Luiz Otávio Brandão da FRAGILE.
Obrigada a Deus pelos céu azul e a temperatura deliciosa da tarde de sexta.
Obrigada a Renata que cuida dos meninos para eu me aventurar de novo nos meus projetos guardados por uma vida quase.
Obrigada especialmente a Deus.
Ah! Recebi um convite para expor em Tiradentes, uam das minhas cidades favoritas.
E um exposição coletiva no Rio de Janeiro, essa já estava agendada,
com a Thati e o Kelver da Caravaggio, agora de 12 a 15 de agosto.
Água corrre pro mar...
Vida atrai vida!
Trabalho atrai trabalhos...
Em casa ninguém te acha!
A carapuça serviu? Vai a luta!!!
Ótima semana
Beijos
Gisele Pedrosa

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

"Aos inimigos a lei" Luana piovanni; "Aos desonestos e mentirosos a lei!" Gisele Pedrosa

Adorei a fala da linda e autêntica Luana Piovani,
sobre a condeação do ex Dado Dolabela por agressão doméstica.
"Aos inimigos a lei"!
Faço delas, as minhas palavras, no meu caso eu minimizo a palavra inimigo.
Não tenho inimigos.
E no meu caso, agressão verbal e moral não tem o mesmo tom que a física,
pelo menos perante a lei.
Mas tem sim viu?
Porém, as marcas deixadas são necessários muitos "psicos" pra reestruturar.
O ex em questão era um ex-namorado, um ex recente,
um namoro curto ou um caso mais longo...
Não um ex-marido de um longo casamento!
Te diferença!
Eu tenho eu ex que viveu comigo metade do tempo que já tenho de vida,
e é o pai dos meus filhos.
Portanto como pais, seremos sócios a vida toda!
Toda sociedade necessita de lealdade!
Então eu digo:
"Aos desonestos e mentirosos, a lei."
E...
O tempo.
"Tempo, tempo mano veio..."
De novo...
Porque, tão ou mais importante que a lei que vai garantir o sustento dos meus filhos...
A cura e a limpeza que só o tempo proporciona,
é o tempo vai garantir o sustento emocional e psicológico dos meus gatinhos, meus tesouros, minha vida!.

Então...
Que se cumpra a lei...
Que se faça a luz!

Gisele

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Democratização da ARTE

Pessoas, já contei que minha formação acadêmica é em Artes Plásticas.
Mais que isso, eu nasci artista, não é uma escolha.
Sou consultora de imagem, com base na formação artística e não na moda, sacou??!!
E minha linguagem é a pintura abstrata.
Ha muito tempo não pintava, diante de tantas turbulências de ordem pessoal,
impossível, pelo menos, pra mim, criar.
Pintar!
Os problemas estão se resolvendo na medida do possível,
"Tempo, tempo, tempo mano veio...
O tempo ajuda né?
Pelo menos esfria cabeça pra agir da forma certa.
Eu venho caminhado, seguindo em frente sem olhar pra trás.
E voltando a voar com minhas próprias asas (antes, atrofiadas)
e fazendo eu mesma, minha rota.
Tuuuuuudo de bom!

Amanhã estarei na praça da Savassi, aqui em BH de 13h às 19hs.
num evento com mais 22 artistas pintando ao vivo.
Entre eles o meu queridíssimo amigo Marcos Lima
http://www.ateliermarcoslima.com/

Já fiz esse tipo de trabalho coma a Thati e Kelver na Caravaggio e ADOREI!
É uma experiência muito legal, as pessoas param nos vêem trabalhando
muitos conversam, interagem, eu, em alguns casos até convido algumas pessoas
a "brincarem" com os pincéis no meu trabalho.



Este evento acontece desde 2002,

essa é a 23 edição que ja aconteceu em diversos pontos da cidade.
a proposta é o desmistificar e democratizar a Arte,
geralmente vista como inacessível, cara, ou elitizada.
E muita gente, nem tem oportunidade de ter acesso e saber o que gosta ou não
e porque. Fora, interação do grande público com o artista que é um grande barato.

Praça da Savassi /Pça Diogo de Vasconcelos
Dia: 6 agosto véspera do dia dos pais
Já pensou em dar um quadro pro seu pai?!
Um presente inusitado... Único!

Quem esta a frente deste entre outros eventos de Arte e Cultura
é o produtor cultural Luiz Otávio Brandão da FRAGILE PRODUÇÔES

Quem quiser e puder aparecer, será um prazer

Beijos,
Até lá, quem sabe!
Gisele Pedrosa

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Que Felicidade que Felicidade / by BLITZ

De novo...
Eu já contei sobre meu processo de emagrecimento.
E sou testemunha de que todas,
absolutamente todas as fórmulas para emagrecer funcionam.
Só que... Voltam!
Eu já testei e tentei tudo.
E desde Janeiro comprei este livro e minha vida mudou.
Meu peso mudou!
E ficou!!!
E venho relatando o meu processo.
E muita gente apostando nele e se dando bem como eu...
Elane, Tathiane, Renata, Patricia, Angela, Rosa...
Fora tantas anônimas que conheci nos salões de beleza, eventos de moda e estilo,
amigas de amigas e a minha divulgação espontânea aqui no bloguito...
Eu deveria receber royalties do autor!
Boa!
KKKKKKKKKKKKKK

Repito, eu emagreci meu cérebro.
Como de tudo e aprendi a comer.

Hoje vivi uma experiência M A R A V I L H O S A !
Melhor do que qualquer sabor delicioso na boca.
Eu costumo brincar quando não como algo que gostaria de comer:
"De jeito nenhum, um minuto na boca uma ano na cintura!!! Nunca mais!"
KKKKKKKKKKKKKK
Em termos, porque hoje eu como de tudo e meu peso vem se mantendo.

Que DELICIA diminuir o número da calça jeans!
Comprei, comprei não, Deus me deu!
KKKKKKKKKKKKKKKKKK
Essa não dá pra explicar.
Sorry!

O último jeans que comprei era número 40.

Usei este número uns dez anos, sonhando em usar um menor.
Proporcional e mais harmonico considerando meu biotipo.
Sei que poderia até ter ter sido maior, mas eu não comprei não.

Se 40 não servia mais, e eu me recusava a comprar o número seguinte.
E depois?
O que viria?
O seguinte...
E o seguinte a ele???!
Never!
Nem pensar!
Se a calça 40 apertava, eu fechava a boca, nunca comprei maior.
Sei que, tivesse comprado, muito provável que estaria nele até hoje.
Ou mais...
Viu que eu me recuso até a falar o bendito número?!
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK



Pois é, hoje minha calça foi uma 36 e outra 38!!!!!!!!!!!!!!!!

Que tesão!
Que felicidade! Que felicidade!!!
BLITZ pra quem se lembra...
Pra quem não conhece, perdeu a melhor fase do Pop Rock Nacional!
Viva!
Eu como de tudo, caso contrário,
a vida não teria graça e e eu sem graça não seria eu!
Pra mim, comer é um dos maiores prazeres na vida.


Como tudo.
Só que Menos.
E hoje uso jeans 36 ou 38 dependendo do modelo e da marca.
Pra quem acha isso uma besteira,
ou é maluco do pé ou doente da cabeça!
KKKKKKK
Ou magro de ruim!
KKKKKKKKKKKKKKKKK

O dia foi lindo!
Primeiro dia de trabalho depois das férias...
Boa conversa, shopping, chopp preto + pizza com manjericão e compras...
Viva a vida!

Obrigada DEUS!
Beijos
Gi