terça-feira, 23 de agosto de 2011

Fácil, extremamente fácil!

Eu vou indo muito bem, obrigada!
Continuo com o mesmo orçamento apertado se sempre, mas minha vida pessoal está ótima. Tudo se definiu. De resto, a partir de agora se eu tocar no assunto novamente será pura lamentação. E não é do meu feitio lamentar...
Antes eu estava indignada e lutava pelos meu direitos.
GAME OVER.
The End!
Acabou mesmo.
Saio mais pobre, mas digna!
E loira!!!
KKKKKKKKKKKKKK


Um dos sinais claros que eu estou de volta a vida é meu amor pela comida!UKKKKKKKKKK
Peraí deixa eu explicar...
Eu amo cozinhar, acho altamente sensorial, quase alquímico!
Cozinhar para mim, para minha família e amigos. Sempre adorei cozinhar, fazia mesas lindas, sempre recebi com extremo zelo e carinho. Os meus meninos cresceram participando de jantares bacanésimos em casa só para nós quatro. Na época que éramos quatro. Hoje somos nós três. E não menos importante. Só que até tudo se definir ( nos últimos dois anos) eu parei naturalmente e quase sem perceber, com os meus pequenos prazeres. Cozinhar foi um deles!
Eu não tomo álcool, passo a quilômetros de cerveja, mas um bom vinho tinto num jantar delicioso tem o seu lugar!
E amo champanhe! Já disse, champanhe não conta né?
Champanhe não é álcool! É festa, é glamour é brinde, é clima total!
KKKKKKKKKKKK




Sábado a tarde, tive um compromisso de trabalho.
Na volta, passei no supermercado e comprei o que precisava para fazer o jantar que tinha planejado. Estava tão animada, que cheguei em casa e não troquei de roupa nem tirei o sapato, fui logo para cozinha. Vestida como estava mesmo!




Comecei a preparar uma massa deliciosa.
Planejei tomar um vinho sozinha!
Em companhia apenas dos meninos.
E o "agregado" da vez, o Henrique Câmara, um amigo (fofo) da sala do Nicolas.
Agora, aqui em casa tá assim, tem sempre o agregado da vez.
Um ou outro amigo, ora do Nicolas ora do Kevin.
Eu pretendia brindar o simples fato de estar viva!



Fiz uma mesa linda.
Fiz um jantar delicioso.
Como o vinho era tinto não precisava resfriar era só abrir na hora.
Tudo muito prático e bonito como é típico meu.
Não abro mão da beleza e estética de tudo.
Mas praticidade e agilidade vem junto! 


Eu estou viva!
Eu tenho filhos saudáveis, inteligentes e lindos!
Eu tenho força e coragem
E eu posso sim recomeçar tudo de novo e sozinha!
Eu já recomecei!
Viva!


Só que o cansaço do dia bateu, foi um dia cheio.
Afazeres domésticos pela manhã e uma reunião a tarde.
Enquanto o forno fazia seu trabalho, eu parei, sentei, tirei os sapatos.
Bateu o cansaço!
Uma particularidade minha:
Eu não suporto andar descalço. Muita gente tem prazer nisso. Eu não
Bom, tirei os sapatos, calcei um chinelo, bom, aí a roupa não tinha mais nada a ver.
Troquei de roupa. Cansada, vesti logo um pijaminha de malha. Um pijama comportadinho, discretinho, afinal eu estava com um adolescente visita em casa, já viu né? Pois é, o pijaminha ditou a regra e mudou o rumo da noite de sábado:
Desanimei com o vinho!
Perdi o clima que estava:
De mulher vitoriosa, guerreira!


Claro que eu segui com o jantar.
E foi uma delicia.
Os meninos adoraram.
Só que o clima do vinho foi embora junto com o salto alto.
Pra muita gente podo não fazer a menor diferença, nem para mim é uma regra fixa, uma verdade absoluta. Mas que faz diferença na maioria das vezes, ah, isso faz sim!
Eu, nos jantares que fiz a vida todo em casa, com convidados e sem, muitas vezes só para minha família, obedecíamos a todo um ritual: Eu tomava banho depois de cozinhar e sempre me arrumava. Nos arrumávamos todos, inclusive os meninos ainda bem pequeninhos, era uma graça! Nicolas quando viu pela primeira vez uma mesa com velas acesas perguntou:
 -"Mamãe pra que 'fogo' na mesa?"
KKKKKKKK
E daí passou a pedir direto, "fogo" na mesa!
Eu acho um desmotivador total, a mulher fazer o jantar, se arrumar o cara de chinelão e bermuda. Tenha dó!



Sei que o jantar foi delicioso mas poderia ter sido ainda mais charmoso.
Acredito que muita mulher deveria pensar nisso com carinho e atenção...
Como um motivador. Cozinhar pode ser alem de tudo que já é, pode ser altamente excitante, quase erótico. Um jantar intimo em casa, meia luz, você estar lindinha para você mesma e para seu homem ou família (juntos e alternados) tomar um bom vinho e conversar despreocupadamente à mesa, pode ser um balsamo!
Agora...
Uma comida deliciosa, cada um segurando o prato na frente da TV?
Uma comida deliciosa, numa mesa com o joguinho americano do dia-a-dia?
Uma comida deliciosa, de chinelo e despenteada?
Uma comida deliciosa, e chinelão e bermudão?
Uma comida deliciosa, com a TV ligada e crianças correndo pela casa
Uma comida deliciosa, sem uma mesa devidamente e caprichosamente posta?

Ah, darling isso não tem nada de sensorial muito menos de excitante!
Acredito que pequenas coisas tem o poder de tornar um sábado comum num grande dia... E você se for homem, e esta lendo isso aqui, aproveita que ela está cozinhado para vocês e da uma saidinha rápida, compra umas flores..

Fácil! Extremamente fácil! (JQuest)

Muito fácil, muito simples ser feliz.!

Ou ainda mais feliz.
Minha massa era inicialmente um macarrão simples, que virou um prato delicioso, minhas compras no supermercado ficaram em R$19,00 e tomamos refrigerante mesmo, (ainda assim em taças enormes e lindas) só faltou quem me desse flores.


Ou nem faltou! Estava ótimo!
Está tudo ótimo na minha vida.
Beijos
Gisele

10 comentários:

  1. oi
    querida...para variar viajei na sua narrativa....
    escreve,vc é intensa,e vive a emoção!!!
    sabe que sempre gosto!!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Delicia...
      Delicia de vida! De coragem! De tudo!
      BJs

      Excluir
  2. gostei da foto lá de cima.
    Pegou aonde? risos

    beijocas,

    ResponderExcluir
  3. Adoroooooooooooooo...as tuas imagens são perfeitas, casam-se com as palavras perfeitamente!!!
    Quero uma poema sensual teu p postar no meu blog de tua autoria, curto e grosso!!!! Se vira nos "30" !!!!!
    Mil beijos !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda Lila, muito obrigada por me ler
      BJ

      Excluir
  4. Oiie gi !! Eu nunca vou esquecer que vc foi minha professora de artes. vc e muito especial para mim , vc e com uma mae para mim ...
    te adorooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e a maria eduarda gi do 6 ano manha

      Excluir
    2. Beijo querida Duda, vc é uma fofa!
      BJS

      Excluir
  5. Priscila, linda...
    Obrigada querida, A SUA TB COMO ATRIZ É PERFEITA!
    BJS

    ResponderExcluir